O Grupo Segura está com você
Com mais de 20 anos de atuação, o Grupo Segura, bem como asseio e conservação, e terceirização de serviços administrativos.


Blumenau

SEGURANÇA PRIVADA
Rua João Pessoa, 3.152
CEP 89036-004
47 3035 8009

SERVIÇOS
Rua Dr. Antônio Haffner, 389<br/>
CEP 89036-640<br/>
47 3035 4000

365 dias por ano

Atendimento 24 horas por dia

47 3035 8000

adm.comercial@gruposegura.com.br

Topo
 
Grupo Segura > Segurança Eletrônica  > Como subir o nível da sua segurança com a vigilância eletrônica
Como subir o nível da sua segurança com a vigilância eletrônica

Como subir o nível da sua segurança com a vigilância eletrônica

A segurança de qualquer ambiente depende da qualidade dos recursos tanto quanto da quantidade de medidas adotadas. Neste ponto, a vigilância eletrônica chega para somar.

Sobretudo, manter as operações e a estrutura física de uma empresa longe de furtos e assaltos ao longo dos anos, nos dias de hoje, não é uma tarefa fácil, não é mesmo?

O maior desafio que envolve essa questão está em fazer a escolha correta dos métodos protetivos a serem utilizados para evitar qualquer tipo de inconveniente.

No entanto, o problema é, que para um leigo, nem sempre é fácil reconhecer o grau de proteção necessário para manter uma empresa em segurança.

Nestes casos a busca pela proteção total é uma meta normalmente perseguida. Mas será que ela é adequada para todo tipo de organização? E os custos com essa instalação será que cabem em qualquer orçamento?

Para te ajudar com essas questões, neste post, vamos explicar melhor tudo isso. Você vai saber o que é um nível de segurança e como você pode usar esse recurso a seu favor para aumentar a proteção da sua empresa. Acompanhe!

O que são níveis de segurança física?

Quando falamos em níveis de segurança física nos referimos a classificação atribuída às medidas de segurança de uma empresa.

Dependendo da quantidade, dos tipos e das características dos recursos utilizados o nível de proteção pode variar, para mais ou para menos.

Para elevar o nível de proteção, portanto, é necessário a instalação de diversos sistemas de segurança com funções diferentes, mas que interajam entre si. Neste caso, quanto mais sistemas interagindo entre si, maior também será o nível de proteção oferecido.

Quais as possibilidades de proteção que a vigilância eletrônica oferece?

Como você pode ver, os níveis de segurança refletem a necessidade de segurança que uma empresa precisa.

Eles são classificados em ordem crescente, conforme o grau de proteção necessário e os recursos de segurança disponibilizados. Nessa sequência partem de um grau de segurança mínima até atingir o nível máximo de proteção, classificado como segurança de alto nível.

Analisando esses conceitos no que diz respeito à vigilância eletrônica, temos basicamente 4 possibilidades de aplicação. E é sobre elas que vamos falar a seguir.

Segurança perimetral

A ideia com este recurso é dificultar ou impossibilitar o acesso ao local protegido. Ele é tido como um nível mínimo de proteção exigido, uma vez que consiste na criação de simples barreiras físicas. Exemplos do seu uso são encontrados em cercas e concertinas eletrificadas.

Controle de intrusão

Esse sistema de vigilância eletrônica visa identificar movimentações dentro do perímetro protegido e alertar a possível intrusão. São indicados para locais onde o nível de segurança exigido é baixo. Como exemplo, podemos citar as centrais de alarme e sistemas de iluminação simples.

Segurança visual

O objetivo com esse recurso é a gravação das imagens do movimento gerado dentro do local protegido. São considerados sistemas com nível de proteção médios, onde são projetados para impedir e detectar atividades externas não autorizadas e ainda, alertar sobre essas ocorrências. Sistemas CFTV em geral são exemplos dessa ferramenta.

Controle de acesso

O objetivo com esse sistema é controlar e limitar a entrada e a saída de pessoas, veículos e materiais em um ambiente. As soluções usadas com mais frequência são catracas, cancelas e a portaria eletrônica. Neste caso, sistemas de controle de acesso mais sofisticados são indicados para ambientes que exigem um alto nível de proteção.

Como saber qual o grau de segurança que minha empresa precisa?

Para entender qual o nível de risco e o grau de segurança que uma empresa necessita é preciso avaliar uma série de fatores. Em primeiro lugar, pode-se citar a análise de riscos como um dos pontos essenciais. É somente a partir dessa avaliação que o plano de segurança poderá ser definido.

O planejamento da vigilância eletrônica, portanto, deve buscar a definição de um nível de segurança cujo custo e eficácia seja compatível com o orçamento disponível, os valores dos bens a serem protegidos e os objetivos da organização.

Desejamos que a partir dessa leitura você esteja mais confiante. Assim você saberá quais caminhos tomar. E querendo saber mais, não deixe de acompanhar nosso blog.

saiba mais sobre segurança eletrônica