O Grupo Segura está com você
Com mais de 20 anos de atuação, o Grupo Segura, bem como asseio e conservação, e terceirização de serviços administrativos.


Blumenau

SEGURANÇA PRIVADA
Rua João Pessoa, 3.152
CEP 89036-004
47 3035 8009

SERVIÇOS
Rua Dr. Antônio Haffner, 389<br/>
CEP 89036-640<br/>
47 3035 4000

365 dias por ano

Atendimento 24 horas por dia

47 3035 8000

contato@gruposegura.com.br

Topo
 
Grupo Segura > Segurança  > Segurança para idosos: como evitar acidentes domésticos
segurança para idosos

Segurança para idosos: como evitar acidentes domésticos

Para reforçar a segurança para idosos dentro de casa, adaptações residenciais e serviços de monitoramento têm se mostrado muito úteis.

Com o avanço da idade nosso organismo fica mais frágil. O controle do equilíbrio fica debilitado, apresentamos falhas nos reflexos, redução da massa muscular e na densidade óssea.

Por conta disso, é preciso redobrar a atenção em relação à quedas e tombos na terceira idade.

Para se ter ideia, uma pessoa acima dos 70 anos tem 3 vezes mais chances de morrer por conta de uma queda do que uma pessoa com idade inferior a essa.

Mas, porque exatamente isso acontece e como aumentar a segurança para evitar acidentes domésticos com os idosos?

É o que mostraremos para você neste artigo! Entenda como aumentar a segurança para idosos em casa com as dicas valiosas que separamos para você!

Segurança para idosos em casa

Os tombos e quedas são mais frequentes na terceira idade por conta das fragilidades que o nosso organismo apresenta.

O resultado é menos força e menos proteção para o nosso esqueleto. Com isso, os idosos têm mais dificuldade de consolidar fraturas, podendo elevar a necessidade de cirurgias e internações.

Portanto, redobrar a atenção e os cuidados, com foco na prevenção é sempre o caminho mais indicado.

Adaptações residenciais

Como você pode ver a terceira idade é marcada por uma série de mudanças no corpo e no cérebro dos indivíduos.

Portanto, para garantir a segurança para idosos é preciso evitar a exposição desse grupo ao risco.

Retirar móveis que possam dificultar a passagem, ou incluir itens de segurança que possam evitar acidentes, em especial no banheiro e na cozinha.

Banheiro

Entre as adaptações mais recomendadas está a instalação de barras de apoio nas paredes próximas ao vaso sanitário e chuveiros. Assim como, é importante que o vidro do box seja temperado ou laminado, para evitar que em uma possível quebra ele se estilhace.

Piso

O piso da casa, em especial dos banheiros e da cozinha, precisa ser antiderrapante. Principalmente porque, são lugares mais propícios a queda por conta da água no chão.

Quarto

Certifique que os interruptores instalados estejam de fácil acesso, próximo as camas e também sofás. E lembre-se: tapetes e idosos não combinam. O desnível torna-se uma dificuldade para os idosos, facilitando a queda. Portanto, não são recomendados nos quartos e em nenhum outro cômodo da casa.

Escadas

O ideal seria optar por casas onde não houvessem escadas. Caso não seja possível, o corrimão é imprescindível. Assim como a presença de adesivos ou pisos antiderrapantes nos degraus.

Serviços de monitoramento tem se mostrado úteis

Além das adaptações residenciais, já é possível monitorar as rotinas dos idosos em casa, mesmo enquanto você não estiver por perto. Neste caso, a tecnologia dos sistemas de câmeras e alarmes tem sido muito úteis.

Esses equipamentos estão presentes dentro de casa, para vigiar salas, cozinhas e quartos com o objetivo de controlar as rotinas domésticas. Com isso, elas se tornam uma garantia a mais para a segurança de idosos, crianças e animais de estimação.

Umas das principais motivações para a contratação destes serviços está em assegurar que tudo esteja bem dentro de casa. Garantindo com isso, que os pets e entes queridos estejam livres de qualquer agressão, tombos e acidentes. E ainda, se possa ativar o socorro rapidamente.

Informação instantânea e o cuidado à distância

A tecnologia disponível compreende além dos equipamentos, serviços de monitoramento e é bastante segura.

Além de uma Central com profissionais habilitados que vigiam os ambientes, a pessoa mesmo pode acompanhar tudo de perto, remotamente.

Assim, da palma da mão, fica fácil saber de tudo o que acontece em casa. Isso, em tempo real e mesmo enquanto se está viajando.

E aí, gostou de conhecer mais sobre a segurança para idosos? Compartilhe com a gente o que você tem feito e, se precisar, conte com o Grupo Segura para levar toda essa tecnologia até você!

saiba mais sobre segurança eletrônica