O Grupo Segura está com você
Com mais de 20 anos de atuação, o Grupo Segura, bem como asseio e conservação, e terceirização de serviços administrativos.


Blumenau

SEGURANÇA PRIVADA
Rua João Pessoa, 3.152
CEP 89036-004
47 3035 8009

SERVIÇOS
Rua Dr. Antônio Haffner, 389<br/>
CEP 89036-640<br/>
47 3035 4000

365 dias por ano

Atendimento 24 horas por dia

47 3035 8000

contato@gruposegura.com.br

Topo
 
Grupo Segura > Segurança  > Segurança nas ruas: como seu comportamento pode fazer de você uma vítima
Segurança nas ruas: como seu comportamento pode fazer de você uma vítima

Segurança nas ruas: como seu comportamento pode fazer de você uma vítima

Se você não foi uma vítima de roubo ou furto, certamente já ouviu o relato de alguém que passou por essa situação. Saiba como circular com mais segurança nas ruas.

O ritmo cada vez mais frenético com que nós levamos a vida tem nos feito perder o foco na nossa própria segurança.

Saímos de casa apressados, com os celulares em mãos, entramos no carro e acomodamos bolsas e carteiras em cima dos bancos.

Para piorar, ainda circulamos pelas ruas com os vidros dos carros abertos.

Que atire a primeira pedra quem nunca cometeu estes deslizes!

Contudo, devemos estar cientes de que a desatenção é um convite para que pessoas mal intencionadas possam agir.

Para não ser uma vítima e garantir a maior segurança nas ruas, devemos nos prevenir e evitar situações que possam nos levar ao encontro de criminosos. Saiba como.

Segurança nas ruas: as motivações para o crime

Em qualquer cidade, seja ela grande ou pequena, é muito difícil um cidadão sair às ruas despreocupado.

Afinal, todos nós estamos vulneráveis a roubos e furtos. Mais ainda, quando estamos nas ruas.

Entretanto, entender o modus operandi dos criminosos pode nos deixar menos expostos a eles, e nos afastar do perigo.

Isso porque, ladrões, no geral, agem motivados pela lei do menor esforço.

Quando dificultamos o trabalho deles, os bandidos saem à procura de outro alvo que esteja mais desprotegido.

Mas existem outros fatores que podem motivar um ladrão a cometer um roubo ou um furto.

Os retornos financeiros e a fragilidade das medidas punitivas são alguns deles.

A grande quantidade de pessoas nas ruas também, e junto delas, a desatenção das mesmas em se proteger.

Para não ser uma vítima é preciso ficar atento ao relógio e situações que estatisticamente se mostram preferenciais em casos de roubos e furtos.

Os furtos nas ruas são mais frequentes no horário das 13h às 17h, que é um dos horários de maior movimento no comércio. Especialmente em dias de pagamento.

Qualquer descuido pode fazer de você uma vítima

Grande parte dos roubos e furtos são motivados pela oportunidade, ou seja, não são planejados.

Com isso, qualquer pessoa desatenta pode se tornar um alvo preferencial.

Ela se esquece do que acontece ao seu redor, perde o senso de proteção e com isso dá margem para os bandidos agirem.

O uso do celular facilita a ação de criminosos

Quando a atenção está voltada para o celular, as chances da pessoa se tornar uma vítima de ladrões é muito grande.

Mas, não é só manuseando o celular que a pessoa chama a atenção dos bandidos. Deixá-lo à mostra no bolso também facilita a oportunidade do ladrão.

Apesar de muitos roubos e furtos de celulares terem as vias públicas como cena, o transporte público é o local onde mais acontece esse crime.

Mais da metade dos casos acontece a noite e o prejuízo médio com a perda do aparelho é de R$ 869.

 

Veículos estão entre os alvos preferidos

Os veículos são bens que também enchem os olhos dos bandidos.

Contudo, com algumas precauções é possível fazer com que eles não enxerguem o seu veículo como alvo.

Travar as portas do veículo e andar com os vidros fechados é uma regra essencial.

Não colocar a bolsa ou outros objetos de valor entre as pernas ou nos bancos é outra recomendação. A facilidade de acesso pode motivar o roubo.

Outro grande problema nas vias são os pedintes. É preciso não se comover com a situação e ser cauteloso e em hipótese alguma abrir os vidros.

Afinal, infelizmente não se pode desprezar o fato de que você pode estar lidando com alguém mal intencionado.

Para finalizar, lembre-se: seja discreto, não circule com as chaves nas mãos e seja um bom observador. Preste atenção nas pessoas ao seu redor e evite ser surpreendido.

Como você pode ver, cultivar atitudes preventivas é primordial para aumentar a segurança nas ruas.

Quer se aprofundar no tema e se informar sobre outras medidas de proteção?

Então, não deixe de visitar o blog do Grupo de Segura. Reunimos neste canal várias dicas para você se manter longe de situações perigosas, em casa, no trabalho e nas ruas. Confira!