O Grupo Segura está com você
Com mais de 20 anos de atuação, o Grupo Segura, bem como asseio e conservação, e terceirização de serviços administrativos.


Blumenau

SEGURANÇA PRIVADA
Rua João Pessoa, 3.152
CEP 89036-004
47 3035 8009

SERVIÇOS
Rua Dr. Antônio Haffner, 389<br/>
CEP 89036-640<br/>
47 3035 4000

365 dias por ano

Atendimento 24 horas por dia

47 3035 8000

contato@gruposegura.com.br

Topo
 
Grupo Segura > Segurança para Empresas  > Prevenção de roubos nas empresas: a segurança vai muito além da portaria
Prevenção de roubos nas empresas: a segurança vai muito além da portaria

Prevenção de roubos nas empresas: a segurança vai muito além da portaria

A prevenção de roubos nas empresas exige um planejamento adequado. Voltado para conter falhas e danos movidos tanto pelo ambiente externo como interno das organizações.

Prevenção é um fator importante para o seu negócio?

Nenhuma empresa consegue prosperar se não tiver controle dos seus gastos.

Muitas porém, esquecem que, além das despesas comuns que ela tem, grande parte do seu orçamento pode escoar com gastos invisíveis.

Como aqueles gerados por perdas, roubos e furtos, tanto internos como externos.

É por isso que a prevenção deve ser encarada como uma questão chave para a sobrevivência do seu negócio.

Ao criar estratégias de prevenção de roubos nas empresas você vai evitar muitas dores de cabeça e gastos desnecessários.

Que incluem, além da perda com os itens roubados, gastos com a apreensão de criminosos e as tentativas de resgatar o patrimônio perdido. Isso que nem citei o valor humano.

Se tudo isso é uma questão importante para você, continue lendo este artigo. Vou abordar questões importantes sobre a prevenção de roubos nas empresas.

Você vai ver que para executá-la com sucesso vai precisar de alguns ingredientes secretos. A começar por um bom planejamento de segurança.

Porque sua empresa precisa investir em um plano de prevenção

Um bom planejamento de segurança deve ser o seu ponto de partida, quando o assunto é prevenção de roubos nas empresas.

É ele quem permitirá que os pontos onde sua empresa é mais vulnerável sejam mapeados, para que posteriormente você crie esquemas de contenção, específicos para eles.

Além da estrutura física, este procedimento deve incluir o conhecimento sobre quem está circulando nestes espaços e por onde cada pessoa passou.

Afinal, a qualidade deste planejamento depende da integração das tecnologias utilizadas, dos processos implantados e das pessoas envolvidas.

As principais estratégias de prevenção de roubos nas empresas

Levando em conta a combinação de fatores que envolve planejamento, tecnologia e pessoas, algumas estratégias de prevenção de roubos nas empresas se colocam à sua disposição.

Darei alguns exemplos a seguir, que vão ampliar o seu repertório e te levar a conclusão de que não apenas o exterior das empresas devem estar protegidos, como também o interior delas. Acompanhe.

A segurança vai além das portarias

Com artimanhas cada vez mais complexas e utilizando as tecnologias a favor de seus crimes, quadrilhas estão muito mais bem preparadas em termos de tecnologia e procedimentos.

Para conter estes crimes, é importante levar o tema prevenção de roubos nas empresas a sério, com medidas seguras e combinadas para chegar a uma solução efetiva.

A prevenção deve atentar-se ao entorno

Medidas voltadas para a proteção do perímetro, para evitar entradas não autorizadas, precisam estar no seu radar.

No geral, as tecnologias mais utilizadas nesta questão são alambrados, cercas elétricas, concertinas e portarias.

Observe e analise também as edificações construídas no entorno da sua empresa. Muros altos na vizinha, árvores e a facilidade de acesso geradas por estruturas físicas presentes no entorno podem facilitar que invasões aconteçam. Esteja atento.

Estabeleça controles de acesso

A prevenção de roubos nas empresas exige a implantação de controles de acesso, porém, eles não devem se limitar às portarias.

É importante também que circuitos internos sejam implantados. Inclusive com processos que limitem o acesso à documentos e informações importantes a funcionários não autorizados.

Inclua sistemas de videomonitoramento

Seja qual for as vulnerabilidades encontradas, um bom sistema de videomonitoramento sempre será indicado.

O ideal é que ele incorpore alarmes, câmeras e um sistema de monitoramento ininterrupto.

Esse conjunto inibe a ação mal intencionada, auxilia na identificação de incidentes e aumenta a eficiência das ações envolvidas.

Faça a manutenção de sistemas e processos

Além de cercar a empresa de cuidados, é importante fazer com que a manutenção se torne constante, para verificar se cada elemento continua operante.

Muitos roubos e furtos são gerados por equipamentos defeituosos, processos obsoletos e pessoas não capacitadas para as funções nas quais foram contratadas.

Mais ainda quando os problemas estão relacionados aos furtos internos.

O famoso “sorria que você está sendo filmado” pode até inibir que furtos externos aconteçam.

Mas não vão inibir a ação de funcionários mal intencionados, se estes souberem que determinado equipamento ou processo é falho. Por isso, todo cuidado é pouco.

Como você pode ver, em cada uma destes pontos há espaço para que a prevenção de roubos nas empresas aconteça.

O mais importante é pensá-las de forma integrada, para que várias atitudes juntas, caminhem para reforçar a segurança do local.

Trabalhando para detectar presenças não autorizadas, comunicar as ocorrências, tratar irregularidades e inibir que perdas e danos sejam gerados.