O Grupo Segura está com você
Com mais de 20 anos de atuação, o Grupo Segura, bem como asseio e conservação, e terceirização de serviços administrativos.


Blumenau

SEGURANÇA PRIVADA
Rua João Pessoa, 3.152
CEP 89036-004
47 3035 8009

SERVIÇOS
Rua Dr. Antônio Haffner, 389<br/>
CEP 89036-640<br/>
47 3035 4000

365 dias por ano

Atendimento 24 horas por dia

47 3035 8000

contato@gruposegura.com.br

Topo
 
Grupo Segura > Segurança Eletrônica  > Câmeras de segurança: qual o melhor prazo de armazenamento de imagens
prazo de armazenamento de imagens

Câmeras de segurança: qual o melhor prazo de armazenamento de imagens

Quando o armazenamento das imagens do sistema de CFTV não é feito da forma correta, além de não ter o registro dos dados, você pode estar colocando em risco a vida das pessoas a sua volta.

Não podemos ter segurança sobre eficácia de uma câmera de segurança se não pensarmos também em preservar as imagens gravadas. E isso é fato. Agora, será que existe um prazo ideal de armazenamento de imagens?

Outro aspecto que precisa ser considerado é o monitoramento dessas câmeras.

Afinal, de nada vai adiantar instalá-las – achando que tudo está funcionando – e quando você, porventura, precisar delas, perceber que os dados não foram salvos. Ou ainda, não servem para nada, porque não permitiram identificar as faces dos envolvidos ou as placas dos veículos.

O mesmo princípio vale para a perda de um equipamento, no caso de um ladrão conseguir destruir ou roubar os seus equipamentos de gravação. Portanto, se resguardar contra isso se torna bastante válido.

A importância de guardar as imagens do sistema de CFTV

A confiabilidade de um sistema de câmeras de segurança está ligada, basicamente, a três instrumentos:

  1. A qualidade dos dispositivos
  2. O serviço de armazenamento de imagens
  3. Qualificação dos profissionais envolvidos

Isso porque, para além da filmagem, o destino e o tratamento que essas imagens recebem farão toda a diferença no caso de uma emergência. Sobretudo, como instrumento de prova no infortúnio de um crime.

Para o caso de indústrias e empresas no geral, essa questão é ainda mais importante. Afinal, quem armazena as imagens do CFTV vende credibilidade. Pode alegar ou descartar alegações que possam prejudicar a imagem do seu negócio e comprovar a excelência no trabalho prestado. E ainda, pode se resguardar em uma ação indenizatória movida contra os empregadores.

Por tudo isso, a gravação e o armazenamento das imagens das câmeras é algo que merece a sua atenção. E você não pode deixá-las de lado.

Qual o prazo ideal de armazenamento de imagens?

Ao chegar até aqui você certamente já se convenceu da importância de armazenar as filmagens geradas. Agora, deve estar se perguntando sobre qual seria o melhor prazo de armazenamento para essas imagens.

Quando falamos em câmeras de segurança para ambientes residenciais, não existe uma regra ou lei que indique um prazo mínimo de armazenamento. Porém, indicamos que as imagens sejam armazenadas por 30 dias.

Já para o caso de estabelecimentos comerciais, existem projetos de lei (ainda em andamento) que propõem que para ambientes com grande circulação de pessoas as empresas guardem essas imagens por no mínimo 30 dias.

No entanto, é importante você certificar o que orienta a legislação local. No Rio de Janeiro, por exemplo, de acordo com a Lei 7.209/16, os bancos são obrigados a guardar as imagens por 2 anos.

Outro ponto que deve ser observado, e deve guiar suas decisões, são eventos importantes, como no caso de um acidente de trabalho. No geral, o colaborador que sofre um acidente de trabalho, tem o prazo de 2 anos para entrar com uma ação indenizatória. Mas, esse prazo pode se estender, então, cada caso é um caso a ser analisado.

Contar com serviços de monitoramento das câmeras faz toda a diferença

Agora, embora guardar as imagens das câmeras seja importante, armazenar tudo o que é gravado por tempo indeterminado pode acabar se tornando um problema.

Neste sentido, contar com uma empresa especializada que conhece a sua realidade é fundamental.

Por meio de um plano de ação, é ela quem poderá recomendar os processos mais indicados e também os melhores dispositivos, levando em conta a capacidade do HD recomendada para o seu caso, a compressão de vídeo e o modo de gravação.

Sem contar que, sob a supervisão de uma equipe analítica dos vídeos, uma possível ocorrência pode ser tratada no exato momento em que ela acontece. Poupando assim, não apenas perdas materiais, mas principalmente a vida das pessoas envolvidas.