O Grupo Segura está com você
Com mais de 20 anos de atuação, o Grupo Segura, bem como asseio e conservação, e terceirização de serviços administrativos.


Blumenau

SEGURANÇA PRIVADA
Rua João Pessoa, 3.152
CEP 89036-004
47 3035 8009

SERVIÇOS
Rua Dr. Antônio Haffner, 389<br/>
CEP 89036-640<br/>
47 3035 4000

365 dias por ano

Atendimento 24 horas por dia

47 3035 8000

contato@gruposegura.com.br

Topo
 
Grupo Segura > Segurança para Residências  > Portas seguras para casas podem reduzir intrusões e arrombamentos
Portas seguras

Portas seguras para casas podem reduzir intrusões e arrombamentos

Escolher as portas certas e os equipamentos de proteção mais adequados para a uma residência ajuda a deixar a casa mais segura.

Quando o assunto é o ambiente residencial percebemos que muitos moradores dão pouca importância para o uso de portas seguras.

Para atestar essa afirmação não é preciso ir muito longe. Basta uma simples volta no quarteirão para presenciar dezenas de exemplos.

Todavia, o assunto deveria ser tratado com mais rigor. Afinal, de acordo com o que as estatísticas apontam, a maioria das intrusões e arrombamentos acontece justamente pela porta da frente ou a dos fundos de um imóvel.

Em boa parte desses casos, o problema é gerado pela negligência e até por desconhecimento do próprio morador, que mesmo sem querer, acaba facilitando a entrada dos criminosos.

Para evitar que isso aconteça com você, selecionamos abaixo alguns recursos de segurança que vão te ajudar a se sentir mais seguro em casa.

Portas seguras e recursos digitais que reforçam a proteção da sua casa

Manter a casa segura é uma prioridade para qualquer um. Entretanto, nem sempre o morador está consciente de que as suas escolhas podem facilitar a ação dos criminosos.

Então, quais seriam os cuidados recomendados para preservar a entrada de uma casa e torná-la mais segura? Confira a seguir algumas dicas.

Opte por portas seguras

A maioria dos roubos e furtos realizados em casas inicia com o arrombamento de portas comuns. Afinal, com um simples empurrão e o uso de algumas técnicas que os criminosos conhecem bem, a abertura delas se torna bastante simples.

Para evitar esses eventos, usar portas reforçadas e anti arrombamento se tornam recursos bastante úteis. Muitas delas, são produzidas em aço e revestidas por madeira, e as chaves não são copiáveis, blindando assim a entrada da residência.

Lembre-se também que portas que abrem para fora costumam resistir melhor aos arrombamentos.

Proteja o cilindro e as dobradiças

Além de usar portas seguras, sólidas e feitas em material resistente – que pode ser de fibra de vidro, madeira sólida ou aço – é importante proteger o cilindro e as dobradiças.

Isso porque, na maioria das invasões, os criminosos vão remover ou danificar a fechadura para este fim. Para aumentar a proteção, é interessante instalar uma proteção de cilindro ao redor da fechadura, caso ela já não venha com esse acessório de fábrica.

Além disso, é importante também proteger as dobradiças expostas e optar por modelos resistentes.

Não abra mão do olho mágico

Esse equipamento permite que você observe a movimentação próxima a porta, sem que para isso você precise abri-la. Para cumprir seu efeito ele deve ser instalado na altura dos olhos.

Além dos modelos tradicionais, o mercado já oferece soluções mais avançadas. Um exemplo é o olho mágico digital, que tem a vantagem de você conferir quem está do outro lado da porta por meio de um monitor. O que é uma funcionalidade bastante interessante, principalmente para idosos e crianças que podem ter dificuldades de acessar o olho mágico tradicional. Sem contar, é claro, na possibilidade de captura e armazenamento das imagens.

Use fechaduras digitais

As fechaduras digitais são recursos bastante modernos e amplamente utilizados hoje em dia. Além da maior segurança, elas proporcionam um visual elegante e proporcionam aos moradores outros benefícios.

O controle mais rigoroso de acesso é uma das principais vantagens. Já que o acesso a residência pode ser feito  apenas por meio de senhas, chaveiros por proximidade ou smartphones cadastrados.

Com essas características se torna possível controlar o acesso da sua casa a distância, e assim, evitar que, por esquecimento, uma porta fique destrancada.

Para encerar

Além de usar equipamentos de segurança, esteja empenhado em cultivar bons hábitos. Lembre-se de conferir se a porta está realmente trancada, observe o seu entorno antes de entrar e sair de casa e jamais deixe as chaves escondidas embaixo de tapetes, em vasos de plantas ou em outros locais.

Faça escolhas que estejam de acordo com as suas possibilidades, necessidades e hábitos. Mas, não deixe a sua proteção e a da sua família em segundo plano.