O Grupo Segura está com você
Com mais de 20 anos de atuação, o Grupo Segura, bem como asseio e conservação, e terceirização de serviços administrativos.


Blumenau

SEGURANÇA PRIVADA
Rua João Pessoa, 3.152
CEP 89036-004
47 3035 8009

SERVIÇOS
Rua Dr. Antônio Haffner, 389<br/>
CEP 89036-640<br/>
47 3035 4000

365 dias por ano

Atendimento 24 horas por dia

47 3035 8000

contato@gruposegura.com.br

Topo
 
Grupo Segura > Segurança para Condomínios  > Segredos para tornar a portaria do condomínio mais segura
portaria do condomínio

Segredos para tornar a portaria do condomínio mais segura

Além de equipamentos de segurança, o comprometimento e o comportamento dos moradores são fatores decisivos para que pessoas não autorizadas sejam impedidas de adentrar no interior do condomínio.

Não há como negar, quem mora em apartamento sabe que um dos pontos mais controversos nessa relação está na portaria do condomínio.

A segurança da edificação e das pessoas que residem ali, começa por este ponto. Mas é ali também onde nascem muitos conflitos.

Para amenizá-los e garantir o bem-estar coletivo, além do uso de equipamentos tecnológicos e barreiras físicas, é importante que as pessoas respeitem as normas e dêem atenção para algumas situações.

Conheça agora, detalhes que podem fazer a diferença para tornar a portaria do condomínio mais segura.

Dicas de segurança para a portaria do condomínio

A maior parte das invasões em condomínios verticais acontece pela porta da frente, pela entrada de pedestres e até mesmo de veículos.

Nestes casos, os criminosos costumam invadir o prédio e se dirigir à portaria, a fim de dominá-la e ter controle total sobre a situação.

Isso acontece porque, quando a guarita está tomada, os ladrões podem visualizar toda a movimentação interna e externa do condomínio, e isso facilita a realização do crime.

Invasões como estas são ocasionadas, em geral, por falhas nos procedimentos por parte de moradores e funcionários.

Os erros mais comuns estão relacionados com o controle de acesso, provocados por falta de atenção, ingenuidade, negligência e a inexistência de uma estrutura adequada.

Por isso, o respeito a essas normas é fundamental. Assim como o uso de recursos tecnológicos que possam minimizar o risco e reforçar a segurança do local.

Segurança física, rotinas de segurança e conscientização fazem a diferença

A segurança de um condomínio está ligada a três fatores essenciais:

  1. Segurança física
  2. Procedimentos de segurança
  3. Conscientização de moradores e funcionários.

Nessa realidade, a portaria do condomínio desempenha um papel essencial, afinal, é por meio desse ambiente que é realizado todo o controle de acesso. Ou seja, a triagem de todas as pessoas que vão poder ou não acessar o interior do prédio.

Devido a sua importância, é necessário que sejam seguidas algumas regras básicas na portaria do condomínio, para que esses controles não sejam falhos. São elas:

Estrutura física da portaria do condomínio

Todos os prédios, ao serem construídos, devem obedecer às regras básicas de segurança e esse princípio vale também para a portaria do condomínio. Nessa realidade, alguns pontos são essenciais no que se refere a segurança do prédio:

  • A portaria deve ser única e ter um ótimo ângulo de visão do seu entorno
  • Ela deve ser protegida por grades e portões, formando uma eclusa entre si, tendo altura mínima de 3 metros
  • Deve ser iluminada, de forma que se evite pontos de penumbra na frente do edifício
  • Seu sistema de abertura deve ser eletrônico, e ter se possível, outras barreiras físicas, tais como sensores de infravermelho ativos ou cerca eletrificada.
  • A guarita deve ser construída de alvenaria, de preferência ser blindada e conter películas de proteção visual
  • Esse ambiente deve ser equipado com botões de acionamento dos portões eletrônicos, sistema de CFTV, botão de pânico e sistema de alarme
  • Para um melhor controle, é importante que a portaria do condomínio e a guarita sejam monitoradas externamente. Assim, caso haja alguma emergência, esse evento pode ser identificado e solucionado com agilidade e precisão.

Rotinas de segurança no controle de acesso

Para além de um projeto arquitetônico seguro, é fundamental que sejam estabelecidas regras para o controle de entrada e saída do condomínio. Assim como, para o cadastro de prestadores de serviços, o recebimento de encomendas, além dos deveres de porteiros e zeladores.

Já citamos aqui no blog alguns dos procedimentos mais importantes e você pode conferí-los neste artigo complementar.

No entanto, vale destacar que cada edifício possui suas particularidades. Portanto, você deve estar consciente delas para estabelecer normas que estejam adequadas a elas. Assim, pode evitar usar um padrão genérico que talvez possa não atender às necessidades do seu condomínio.

Ah, lembre-se também que todas essas normas devem ser registradas no regimento interno do condomínio, e devem ser repassadas a todos os moradores e funcionários do prédio. Assim, caso alguém venha a quebrar as regras, o síndico pode usar o documento como base para tomar as providências necessárias.

Conscientização de moradores e funcionários

Os moradores e funcionários são os maiores interessados na segurança do condomínio, portanto devem participar e colaborar para que ela seja efetiva.

Para isso, precisam conhecer e cumprir as regras e procedimentos. Principalmente porque, mesmo sem perceber podem facilitar a ação dos criminosos. Coisas que podem acontecer quando você libera a entrada para alguém que você não conhece.

O bom comportamento não anula a importância da segurança eletrônica

Mesmo em ambientes onde os moradores se mostram cautelosos e mantém condutas adequadas com relação a segurança do condomínio, o uso de equipamentos de segurança se faz necessário.

São esses equipamentos que vão facilitar a comunicação e oferecer total controle, indo além do que os olhares humanos são capazes de captar sozinhos.

Neste caso, os moradores têm à sua disposição uma infinidade de equipamentos eletrônicos. As opções vão desde câmeras e alarmes a outros equipamentos, como portões com fechamento rápido, portas com eletroímãs que evitam que as pessoas a deixem abertas, interfones com áudios nítidos e outros mais.

Você pode, inclusive, ir ainda mais além com o uso da portaria virtual

Atualmente ela é o recurso mais eficaz para a segurança, no que se refere a portaria do condomínio. Com ela, se torna possível melhorar a qualidade da segurança, reduzir as falhas humanas e também os custos do condomínio.

Para saber mais sobre esse recurso, confira o post que fizemos especialmente sobre o assunto ou converse com nosso time de especialistas.