O Grupo Segura está com você
Com mais de 20 anos de atuação, o Grupo Segura, bem como asseio e conservação, e terceirização de serviços administrativos.


Blumenau

SEGURANÇA PRIVADA
Rua João Pessoa, 3.152
CEP 89036-004
47 3035 8009

SERVIÇOS
Rua Dr. Antônio Haffner, 389<br/>
CEP 89036-640<br/>
47 3035 4000

365 dias por ano

Atendimento 24 horas por dia

47 3035 8000

contato@gruposegura.com.br

Topo
 
Grupo Segura > Projetos de Segurança  > Como reduzir custos em um plano de segurança privada
plano de segurança privada

Como reduzir custos em um plano de segurança privada

Reduzir custos em segurança requer tomadas de decisão acertadas para que os cortes não impliquem na perda de qualidade.

Se você já precisou contratar um plano de segurança privada ou é responsável por essa área na empresa onde você trabalha, sabe que o orçamento para segurança costuma ser bastante enxuto.

E de fato, minimizar os riscos de forma efetiva, com recursos bastante restritos é muitas vezes um desafio. Afinal, a proteção precisa ser efetiva e levar em consideração um conjunto de fatores para tal.

Eliminar essas necessidades, pode representar aumentar os riscos e abrir uma grande brecha para que a criminalidade possa se achegar.

Ao saber disso, você pode estar se perguntando: como então, manter a qualidade necessária, e ainda assim enxugar os custos no orçamento?

5 passos para economizar em um plano de segurança privada

Para te ajudar nessa missão, listamos a seguir quatro dos pilares para o sucesso de uma estratégia de redução de custos em segurança.

Ao tomar conhecimento deles, você poderá aplicar esses passos no seu negócio para fazer cortes mais estratégicos e com mais segurança.

#1 Descubra quais as áreas mais vulneráveis

Para tomar a decisão correta é importante que você observe as necessidades de segurança que o seu ambiente precisa.

É com base na análise desses riscos, priorizando as questões mais críticas, é que você vai conseguir reduzir custos no seu plano de segurança privada.

Se, por exemplo, você precisa instalar câmeras em uma área que tem pouca iluminação, vai precisar de equipamentos que tenham um bom desempenho nessa situação. Mas, você tem a opção de investir em iluminação. Portanto, se você for bem orientado, poderá resolver a situação, garantindo eficiência na segurança e o custo que você precisa.

#2 Aproveite os equipamentos disponíveis

É natural que nessa análise você perceba que precisa atualizar o sistema atual.

Porém, antes de sair comprando equipamentos, com ajuda de um técnico especializado, analise a infraestrutura que você já possui e veja o que pode reaproveitar dessa estrutura.

#3 Otimize seu sistema com qualidade e economia

Hoje existem diversas opções de câmeras, alarmes e outros equipamentos. Muitos deles com muita tecnologia agregada e funcionalidades que conquistam qualquer pessoa.

Temos câmeras que funcionam por comando de voz, com visão noturna, reconhecimento facial e outras funções mais. No entanto, toda tecnologia tem seu custo.

Por isso, é importante saber se realmente sua empresa precisa de todo esse investimento para estar protegida.

O importante é certificar que o sistema atual possa ter um upgrade, porém, da forma mais enxuta e fácil o possível. Isso, pensando na realidade que você tem hoje e no futuro.

#4 Considere os custos com manutenção

Um plano de segurança privada não é um sistema vitalício. Afinal, as coisas evoluem e os objetivos mudam, por isso os recursos de segurança precisam acompanhar essa evolução.

Sem contar que, de forma geral os equipamentos de segurança podem sofrer depreciações com o tempo e precisar de reparos antes de precisarem ser substituídos por tecnologias mais modernas.

Portanto, para evitar rombos futuros no seu orçamento, leve em conta no seu planejamento a manutenção preventiva desses sistemas.

#5 Conte com especialistas na área

Para conseguir reduzir custos em um plano de segurança privada nada melhor que contar com a ajuda de um especialista. Pode ter certeza de que o olhar analítico sobre o todo e a criatividade do profissional podem fazer verdadeiros milagres na hora de propor alternativas.

Portanto, pesquise e contrate uma empresa de confiança e que seja referência de mercado.

Um somatório de esforços

Como você pode ver a redução de custos em segurança deve ser estratégica, ou seja, agregar valor e trazer benefícios para todos os envolvidos. Não apenas no presente, como também dali para frente.

Portanto, na hora de contratar um plano de segurança privada, não leve em conta apenas o investimento inicial, mas também o custo-benefício que você obterá a longo prazo.

É com o passar do tempo que esses resultados tendem a aparecer e podem baratear seus custos.