O Grupo Segura está com você
Com mais de 20 anos de atuação, o Grupo Segura, bem como asseio e conservação, e terceirização de serviços administrativos.


Blumenau

SEGURANÇA PRIVADA
Rua João Pessoa, 3.152
CEP 89036-004
47 3035 8009

SERVIÇOS
Rua Dr. Antônio Haffner, 389<br/>
CEP 89036-640<br/>
47 3035 4000

365 dias por ano

Atendimento 24 horas por dia

47 3035 8000

contato@gruposegura.com.br

Topo
 
Grupo Segura > Limpeza e Conservação  > Como administrar a limpeza e conservação do condomínio
limpeza e conservação do condomínio

Como administrar a limpeza e conservação do condomínio

A limpeza das áreas comuns do prédio é algo que merece a atenção do síndico. Para tanto, ele precisa conhecer as demandas, saber avaliar e ter controle sobre essa rotina.

O assunto limpeza e conservação do condomínio é pauta de muitas discussões envolvendo síndicos e moradores. E não é para menos, afinal, ela é capaz de interferir na estética do prédio, na segurança e no bem estar das pessoas.

Mas, é certo também dizer que gerir essas tarefas não é algo tão simples como parece ser. E quem é síndico de um condomínio residencial sabe bem do que estamos falando.

Pensando nisso e para otimizar a sua gestão preparamos este artigo especialmente para você.

Queremos com essas dicas que você entenda o que priorizar nessas rotinas e o que fazer para garantir que o trabalho seja executado de forma eficiente e de acordo com o que foi combinado.

Vamos adiante!

O papel do síndico na limpeza e conservação do condomínio

Para garantir o bom andamento da rotina do condomínio que ele gerencia, o síndico precisa executar o que foi acordado em assembléia, orientar o trabalho dos funcionários, fiscalizar o condomínio e garantir que os moradores cumpram com as suas obrigações.

E nessa rotina está inclusa também a supervisão da equipe terceirizada de limpeza e conservação do condomínio.

A grande questão está em como gerir o trabalho desses parceiros, para garantir que os serviços atendam as necessidades do condomínio e atinjam o resultado esperado.

Para isso, separamos algumas dicas campeãs para que você consiga não apenas avaliar e gerir o desempenho dessa empresa, como também acertar na contratação. Acompanhe!

Entenda as suas demandas

Para que você possa avaliar o trabalho prestado, primeiro você precisa conhecer as suas necessidades. Portanto, conheça o ambiente do condomínio, o fluxo de pessoas e o entorno dele, buscando entender esse padrão e as responsabilidades.

Dependendo do localização ou do perfil do condomínio as demandas podem variar. Se por exemplo seu prédio fica à beira de uma avenida bem movimentada. Neste caso, é bem provável que os vidros da fachada exijam cuidados especiais e uma limpeza mais frequente.

Avalie a capacidade de atendimento

Depois de listar a sua demanda é hora de avaliar se a estrutura que a empresa terceirizada dispõe é suficiente para atingir os resultados que você deseja.

Para tanto, busque saber a quantidade de pessoas, os equipamentos e sobre os produtos que você terá à disposição. Mas não apenas isso. Vá mais além, para conhecer sobre a capacitação desse time e como é o trabalho executado por eles.

Observe o alinhamento com o cronograma

Embora a equipe faça parte de outra organização, o trabalho dos funcionários da empresa terceirizada representam o seu condomínio. Ou seja, ajudam a formar a reputação do seu prédio.

Portanto, seja criterioso na seleção da empresa parceira e incentive o senso de pertencimento. Essa integração, alinhada com os objetivos do seu condomínio é fundamental, não apenas para a produtividade, mas principalmente para a qualidade do produto prestado.

Controle o que está sendo usado

Ainda que a gestão da equipe e dos materiais utilizados não esteja sob a sua responsabilidade criar indicadores e definir metas para controlar o serviço prestado é sempre recomendado.

Assim, você evita uma interpretação subjetiva acerca do resultado esperado. Afinal, o que você entende sobre o que é bom, pode ser diferente do que a equipe parceira entende como qualidade.

Colabore com a equipe terceirizada

Delegar a limpeza e conservação do condomínio não é sinônimo de abandonar essas tarefas.

Portanto, mostre-se presente deixando os canais de comunicação sempre abertos. E não esqueça: um colaborador motivado e satisfeito no seu local de trabalho vai refletir positivamente na qualidade do serviço prestado.

Fique atento às exigências legais

A legislação estabelece que você como contratante tem responsabilidades sobre as obrigações legais da contratada. Portanto, busque conhecer essas determinações e exija mensalmente os comprovantes de pagamentos de salários, benefícios, encargos e tributos para evitar problemas com as entidades reguladoras.

Quer ir além neste assunto?

Você se interessa pelo tema mas, ainda está na dúvida sobre contratar ou não terceirizados para a limpeza e conservação do condomínio?

Tem dúvidas sobre as questões legais, o controle das atividades e o custo-benefício? Confira neste artigo complementar tudo o que você precisa saber antes de contratar uma empresa terceirizada de limpeza para seguir tranquilo.