O Grupo Segura está com você
Com mais de 20 anos de atuação, o Grupo Segura, bem como asseio e conservação, e terceirização de serviços administrativos.


Blumenau

SEGURANÇA PRIVADA
Rua João Pessoa, 3.152
CEP 89036-004
47 3035 8009

SERVIÇOS
Rua Dr. Antônio Haffner, 389<br/>
CEP 89036-640<br/>
47 3035 4000

365 dias por ano

Atendimento 24 horas por dia

47 3035 8000

contato@gruposegura.com.br

Topo
 
Grupo Segura > Segurança  > Dicas para tornar a internet segura para seus filhos
internet segura para seus filhos

Dicas para tornar a internet segura para seus filhos

A polêmica sobre a boneca MOMO em vídeos do Youtube trouxe à tona um importante assunto: a segurança das crianças na internet

A repercussão de notícias envolvendo o vídeo de uma boneca japonesa, que teria sido vista em supostos vídeos no Youtube Kids e, em uma publicação que, segundo os usuários ensinava as crianças a se suicidarem criou um enorme ponto de interrogação: como proteger as crianças e adolescentes e tornar a internet segura para seus filhos.

Por isso, reunimos neste artigo orientações de especialistas no assunto para ajudar pais e responsáveis nessa missão. Anote as dicas!

As principais ameaças que a internet pode oferecer

Hoje em dia parece que as crianças já nascem com habilidades especiais para manusear equipamentos eletrônicos. No entanto, não podemos nos esquecer que elas, acima de qualquer competência, ainda são ingênuas.

Por isso, pais e responsáveis têm a missão de acompanhar o uso que as crianças e adolescentes fazem da internet, participando ativamente desse aprendizado.

Afinal, o acesso a tecnologia traz inúmeras vantagens. Faz parte do nosso dia a dia e cada vez mais se faz presente.

Mas, como tudo na vida, além do excesso que é um problema, o uso da internet também oferece riscos. Entre eles, conheça alguns dos principais:

Cyberbullying / Assédio virtual

A vítima desse tipo de hostilidade é submetida a ameaças e humilhações. Em muitos casos ela é praticada por colegas adolescentes na web, cujas intenções é atormentar a pessoa e levá-la a um estresse emocional.

Grooming

Trata-se de uma persuasão, feita por um adulto a uma criança. A finalidade é criar uma relação de confiança para que possam ser praticados abusos sexuais.

Sexting

Trata-se do envio de mensagens, imagens e vídeos com conteúdos eróticos.

Roubo de informação

Toda a informação que trafega na internet, sem as medidas de proteção necessárias podem ser exploradas por indivíduos mal intencionados. Em geral, as informações mais procuradas são dados pessoais, que podem expor a família a vários crimes.

Como tornar a internet segura para seus filhos

Tornar a internet segura para seus filhos é responsabilidade de todos. Portanto, siga os conselhos oferecidos neste artigo. Eles são bastante úteis na hora de pensar na segurança das crianças e adolescentes no mundo virtual.

Mantenha um diálogo aberto

Como diz o ditado, é conversando que a gente se entende. E quando o assunto é tornar a internet segura para seus filhos a afirmação é ainda mais verdadeira.

Afinal, a comunicação é base de um relacionamento saudável, e para ela existir é preciso empatia e um verdadeiro interesse pela criança.

Perguntas mais objetivas e empáticas costumam funcionar melhor. São mais facilmente compreendidas pelas crianças e ajudam para que elas consigam se expressar.

Faça o teste, perguntando: quais desenhos você viu hoje? Você viu alguém fazendo uma coisa que não era legal com outra pessoa? Qual é a brincadeira que está rolando na internet?

Essas podem ser boas dicas para você começar.

Utilize ferramentas para bloquear conteúdos

Hoje em dia você tem vários recursos de segurança que podem ser utilizados em diversos sistemas operacionais, sites e equipamentos, como roteadores e consoles de jogos. Também podem ser instalados por meio de aplicativos pagos ou gratuitos.

O Norton Family, K9 Web Protection, MetaCert, Windows Live Proteção e o Zuggi são alguns exemplos.

No Youtube Kids esses filtros também estão disponíveis.Os pais podem controlar o que as crianças pesquisam, e ainda o acesso à lupa e a busca por voz.

Com essas ferramentas você pode controlar o que a criança pode ou não acessar, de acordo com vários filtros.

Além dos recursos citados, acompanhar o histórico de navegação também é fundamental.

Fique atento e sempre por perto

Além dos controles, a presença constante dos pais e responsáveis é primordial para tornar a internet segura para seus filhos. Mesmo porque, você pode estabelecer esse controle na sua casa, mas, na escola ou na casa do amiguinho, ele pode estar desprotegido.

Portanto, ensine seus filhos sobre privacidade, a importância das senhas e sobre os perigos que a internet pode oferecer a eles.

Além disso, é importante acompanhar o comportamento das crianças e adolescentes. Atitudes como fechar ou minimizar aplicativos, trancar a porta do quarto, nervosismo, isolamento, etc. podem indicar que algo não vai bem. Portanto, fique de olho!

Denuncie conteúdos inapropriados e compartilhe a informação

Sabendo das ameaças, as plataformas virtuais quase sempre oferecem recursos de controles e denúncias. Assim, ao perceber que o conteúdo é inapropriado você pode denunciar, bloquear o vídeo ou o canal.

Esperamos que depois dessa leitura você esteja mais seguro sobre o que deve fazer para tornar a internet segura para seus filhos. Aproveite e compartilhe o conteúdo para que outros pais também tenham acesso a essas informações.