O Grupo Segura está com você
Com mais de 20 anos de atuação, o Grupo Segura, bem como asseio e conservação, e terceirização de serviços administrativos.


Blumenau

SEGURANÇA PRIVADA
Rua João Pessoa, 3.152
CEP 89036-004
47 3035 8009

SERVIÇOS
Rua Dr. Antônio Haffner, 389<br/>
CEP 89036-640<br/>
47 3035 4000

365 dias por ano

Atendimento 24 horas por dia

47 3035 8000

contato@gruposegura.com.br

Topo
 
Grupo Segura > Segurança Eletrônica  > Como proteger as câmeras de segurança contra raios no seu condomínio?
como proteger cameras de segurança contra raios

Como proteger as câmeras de segurança contra raios no seu condomínio?

Sem a devida proteção, as câmeras de segurança ficam vulneráveis às descargas atmosféricas, podendo estragar facilmente.

Diminuir os custos do condomínio pode ser mais fácil do que você imagina, mas é preciso saber como economizar de forma segura. Um dos meios que você tem para isso é reduzindo as despesas com o conserto das câmeras de segurança, sobretudo após fortes chuvas com descargas atmosféricas. Haja visto que esse gasto, nas maioria das vezes poderia ser evitado, caso a manutenção preventiva fosse levada a sério. Mas, antes de conhecer algumas dicas sobre como proteger as câmeras de segurança contra raios, você precisa saber dos perigos que está correndo ao negligenciar essa prática.

Quando a queima é inevitável, a prevenção é o caminho

As câmeras de segurança são instrumentos essenciais nos condomínios e empresas. No entanto, é preciso ter consciência de que, assim como qualquer equipamento eletrônico, elas são bastante sensíveis às descargas atmosféricas.

Para que elas “queimem” o raio nem precisa cair exatamente sobre a edificação, basta que ele caia próximo a ela.

Quando isso acontece não há muito o que se fazer. Afinal, na maioria dos casos, sem a devida proteção, após a queda dos raios, o equipamento é danificado. É como diz o ditado, você vai estar chorando após o leite derramado.

O conserto dos equipamentos pode pesar no bolso

Em muitos condomínios o investimento com a manutenção preventiva é visto como um gasto. As pessoas não querem pagar para proteger os equipamentos, o que é um grande erro. Afinal, quando a questão é a segurança não podemos contar com a sorte.

Sem contar que o conserto ou a aquisição de novos equipamentos na maioria dos casos custa bem mais caro.

Assim, independente do valor do conserto, ele vai precisar ser aprovado pelo condomínio. Do contrário, a segurança das pessoas e da própria edificação vai ficar comprometida.

Como ninguém quer que isso aconteça, o condomínio entra num ciclo vicioso, onde passa a gastar de forma recorrente com a manutenção corretiva desses aparelhos.

Como proteger as câmeras de segurança contra raios

Para evitar gastos extras e muitas dores de cabeça é preciso que algumas regras sejam adotadas para proteger as câmeras de segurança contra raios.

Medidas devem ser previstas antes da instalação das câmeras de segurança

O para-raios sozinho não oferece toda a segurança que o condomínio precisa. Havendo hoje, um conjunto de medidas que responde melhor a essa necessidade.

Neste caso, o SPDA – Sistemas de Proteção contra Descargas Atmosféricas deve ser usado para proteger a estrutura das edificações, enquanto que o MPS – Medidas de Proteção contra Surtos, deve proteger as instalações elétricas.

Ambos devem ser previstos antes da instalação das câmeras de segurança.

Observe o que diz o contrato sobre a queima dos equipamentos

De acordo com o que falamos até aqui, as câmeras de segurança podem queimar em uma eventualidade.

Por isso, é importante que você converse com o seu fornecedor e preveja em contrato quais procedimentos serão adotados. Sobretudo, no caso de danos gerados em decorrência de fenômenos associados às descargas atmosféricas.

Ainda, exija dele que sejam adotadas medidas cabíveis para proteger as câmeras de segurança contra raios. Antes dessa instalação.

Não deixe a sua segurança nas mãos de qualquer empresa

Um profissional habilitado e que conhece as normas técnicas brasileiras – ABNT NBR 5419-2015 – tem consciência dos danos físicos às estruturas e dos perigos à vida que a falta de proteção contra raios pode causar.

Portanto, jamais feche um contrato com uma empresa que negligencie essas normas.

Além da proteção contra raios, existem outros pontos na instalação das câmeras que precisam ser analisados e a segurança neste momento é primordial.

Pronto! Agora você já tem toda a informação que precisa para saber como proteger suas câmeras de segurança contra raios. Aproveite a oportunidade para conversar com nossos especialistas e pedir o seu orçamento.

 

25 falhas comuns para comprovar que você não está seguro